Politicas Socio Ambientais da Empresa

Politicas Socio Ambientais da Empresa e nossa missão

INTRODUÇÃO: A “ESTOU NEGATIVADO” entende que agir com responsabilidade socioambiental é realizar o seu negócio sem agredir o meio ambiente e o meio social. Para tanto, deverá descartar parcerias e negócios com sintomas de que possam vir a caracterizar agressão do tipo e, além disso, envidar esforços suplementares que resultem em benefício ao meio ambiente e social.

A contribuição para a causa socioambiental a ser praticada pela “ESTOU NEGATIVADO” deve apoiar-se em três pilares principais:

  • 1 – MEDIDAS INTERNAS DE PREVENÇÃO;
  • 2 – REFLEXOS DOS NEGÓCIOS NO MEIO EXTERNO; e
  • 3 – GERENCIAMENTO. Art. 1º da Resolução de nº. 4.327 de 25/04/2014 do Banco Central do Brasil: Considerando a intensidade de exposição aos riscos de natureza Socioambiental que as atividades e operações realizadas pela corporação possam causar (relevância), bem como o grau de compatibilidade das exigências desta política com a natureza da instituição, seu porte, complexidade de funcionamento, serviços e produtos oferecidos (proporcionalidade), a “ESTOU NEGATIVADO” entende por bem, não financiar a produção de empreendimentos imobiliários que deixem de comprovar a obtenção das necessárias licenças ambientais emitidas por instituições competentes.

DEFINIÇÃO “ESTOU NEGATIVADO” DE RISCO SOCIOAMBIENTAL:

É a possibilidade de ocorrência de perdas financeiras ou de prejuízos à imagem da instituição, em função de danos socioambientais resultantes da má utilização, pelos clientes, dos recursos liberados pela instituição em operações financeiras e, também, aqueles resultantes do trato inapropriado dos resíduos internos.

ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO DA POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL – “ESTOU NEGATIVADO”:

POLÍTICA POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL -“ESTOU NEGATIVADO

  • 1 – MEDIDAS INTERNAS DE PREVENÇÃO
  • 2 – AÇÕES VOLTADAS AO MEIO EXTERNO RESÍDUOS SOLIDOS ENERGIA ELÉTRICA ÁGUA CONTRATOS PROJETOS 1 – MEDIDAS INTERNAS DE PREVENÇÃO: Resíduos Sólidos: É comum o despejo indiscriminado do sobejo diário de empresas e residências nos aterros sanitários, sem que o mesmo seja classificado e responsavelmente acondicionado. Esta prática resulta num processo contínuo de poluição do solo, do ar e dos lençóis freáticos.

A “ESTOU NEGATIVADO”, deverá investir internamente no tratamento dos seus resíduos da seguinte forma: a) Separando-os, conforme abaixo indicado, de acordo com natureza da matéria prima de que são compostos:  orgânicos;  papel;  plásticos e vidros; e  tóxicos b) Acondicionando-os por matéria, tendo o cuidado de fazê-lo de maneira a evitar a ruptura das embalagens e consequentes vazamentos. c) Entregando regularmente o material embalado à coleta pública. Estas medidas contribuirão para as melhores condições de reaproveitamento dos materiais e redução da poluição, bem como para facilitar o trabalho daqueles que vivem da coleta e trato dos resíduos públicos. Energia Elétrica: A abundância de grandes cursos d’água espalhados por quase todo o território brasileiro, faz com que o poder hidrelétrico esteja atualmente no topo da matriz elétrica brasileira. As políticas públicas nos últimos anos têm feito surgir outras fontes de produção elétrica como condições alternativas ao uso do potencial hídrico. Gás natural, petróleo, carvão, nuclear, biomassa, eólica, solar, geotérmica, marítima e biogás são alternativas promissoras para a produção de energia elétrica. Entretanto, algumas delas são obtidas a custo ainda elevados e outras, por ora, são inviáveis à produção em grande escala. Consciente desta realidade, a “ESTOU NEGATIVADO”, por meio desta Política Socioambiental deve gradualmente, passar a: a) utilizar-se de recursos tecnológicos que promovam a redução de energia elétrica.  equipamentos que dispendam o menor consumo de energia, conforme certificações expedidas pelos órgãos competentes de aferimento; e  sensores de presença nos ambientes que acolham pessoas em curtos períodos de tempo. 3 – GERENCIAMENTO b) otimizar os horários de trabalho de maneira a não ferir as leis trabalhistas, mas que permitam o uso dos pontos de energia (iluminação, ar condicionado e equipamentos), de forma proporcional ao número de pessoas em atividade. Água: Mesmo ciente do grande potencial hídrico do Brasil, não há como ignorar a pouca capacidade que tem o país de recuperar as águas servidas, fato negativo que se agrava a cada ano com o aumento populacional e os escassos investimentos no setor. Igualmente desfavorável tem sido o comportamento climático ultimamente visto, que prolonga as secas ou faz insuficientes os níveis de precipitação d’água em determinadas regiões em detrimento de outras, alterando assim as tradições pluviométricas a muito conhecidas. Essas inversões dificultam o armazenamento, o planejamento e a distribuição satisfatória da água potável às populações. Para contribuir com a economia do elemento “água” a DOMUS deve, gradualmente, passar a: a) viabilizar o armazenamento da água da chuva para uso na irrigação de plantas e lavagem de áreas externas, se possível e necessário, tornar factível o uso deste tipo de reserva nos aparelhos sanitários; b) utilizar dispositivos de redução do fluxo de água em bicas e torneiras. 2 – AÇÕES VOLTADAS AO MEIO EXTERNO: Contratos: A “ESTOU NEGATIVADO” deve acautelar-se quanto à possibilidade dos seus negócios, de forma alheia à sua vontade, causarem algum tipo de prejuízo ao meio ambiente. Esta possibilidade existe caso os recursos disponibilizados a clientes venham, eventualmente, ser usados em projetos e atividades que, de alguma forma, sejam danosas à natureza do planeta. Descartar parcerias e negócios com sintomas de que possam vir a caracterizar agressão socioambiental. Somente financiar projetos que comprovem todas as licenças ambientais necessárias. Projetos: Além dos aspectos ambientais, a presente política exorta a prática de ações sociais. Neste âmbito, a “ESTOU NEGATIVADO” deverá planejar ações no sentido de contribuir com a educação. Os responsáveis pela aplicação desta política deverão avaliar as possíveis formas de incentivo a estudantes de baixa renda, que apesar de intensos esforços, ainda assim têm dificuldades para conduzirem seus estudos. Os projetos deverão dar forma às ações que garantam o apoio ao estudante em toda a sua formação escolar, até a universidade. Deverão ser implementadas ações que visem ajudar estudantes que se enquadrem neste perfil, alocando-se recursos equivalentes a até 10% dos resultados operacionais obtidos no ano anterior. 3 – GERENCIAMENTO: Conscientização: Esta política deve ser aplicada registrando-se as ações planejadas, seus resultados e ocorrências fortuitas, de maneira a possibilitar históricos capazes de serem apresentados ao Banco Central do Brasil, quando solicitado. Principais itens do gerenciamento da Política Socioambiental – “ESTOU NEGATIVADO”: a) A Diretoria Executiva se incumbirá das decisões relativas ao assunto; b) Será indicado, no UNICAD, o diretor responsável pela Política de Risco Socioambiental; c) O responsável pela área de gerenciamento de riscos submeterá à aprovação da Diretoria plano de ação, acompanhado dos procedimentos necessários, com vistas ao implemento desta política; d) Criar-se-á, na Área de Gestão de Riscos, espaço virtual para registro das ações planejadas, seus resultados e ocorrências casuais; e) Serão estabelecidos mecanismos para identificar e eliminar ou minimizar eventuais deficiências, sejam elas de natureza interna, ou aquelas causadas por impactos ambientais negativos em decorrência dos negócios; f) Serão estabelecidos mecanismos para identificar às mudanças legais, regulamentares e de mercado, para pronta adaptação do plano de ação; g) Serão estabelecidos mecanismos para monitorar o cumprimento das ações planejadas, assim como o índice de aceitação desta política no meio funcional. Caso fiquem evidenciadas resistências ou não entendimento, caberá à área responsável programar palestras de conscientização com vistas a buscar a adesão de todos; h) A diretoria executiva da “ESTOU NEGATIVADO” deverá, pelo menos uma vez por ano, avaliar a Política de Risco Socioambiental, mediante relatório a ser apresentado pelo responsável pelo gerenciamento de riscos. i) A Política Socioambiental deverá ser divulgada interna e externamente.

Deixe uma resposta