Microcrédito para Negativado

Microcrédito para Negativado aqui no site “Estou Negativado”

Ele é indicado para microempreendedor ou pessoa física que vai abrir um negócio. Saiba mais sobre o empréstimo que pode tirar o seu sonho do papel!

Microcrédito é aqui

Aumentar o seu salão de cabeleireiro, pegar mais encomendas de bolos e doces ou alugar um espaço para sua empresa de tecnologia. Não importa! Qualquer sonho pode se tornar realidade com planejamento e, muitas vezes, com a ajuda do microcrédito. Esse empréstimo é específico para pessoa física ou microempreendedor que pretende montar ou ampliar um negócio. As vantagens são muitas, entre elas, a taxa de juros e a facilidade de aprovação. Mas como acontece em todo empréstimo, este também exige planejamento. Por isso, veja o que você precisa saber sobre o microcrédito antes de pedir esse dinheiro.

1. A taxa de juros* é menor do que em outros empréstimos

O governo pede que os bancos ofereçam este crédito com boas condições, então as taxas de juros são mais baixas do que na maioria dos empréstimos – e essa oferta ajuda o empresário que está começando. Enquanto o Banco do Brasil cobra 0.40% de juros ao mês no microcrédito, ele definiu uma taxa de juros de 3.81% para um empréstimo pessoal.

Quer ver a diferença que as taxas fazem no valor final da dívida?

Se você pegasse R$ 2 mil no microcrédito do Banco do Brasil, pagaria R$ 2.098,14 no final de um ano.

Mas se escolhesse o empréstimo pessoal também de R$ 2 mil, pagaria R$ 3.132,57 em um ano.

No final, a diferença seria de R$ 1.034,43. E esse dinheiro você poderia usar em outros investimentos no seu negócio.

2. Os bancos fazem uma análise socioeconômica

Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem pedir o microcrédito e não há um limite de renda familiar mensal definido, pois os casos são analisados individualmente. E quem tem um faturamento de até 120 mil reais por ano com o negócio próprio também pode solicitar o empréstimo.

Faça seu empréstimo pessoalO microcrédito é liberado somente quando você passa por uma análise socioeconômica feita pelos bancos. Normalmente, o Agente de Crédito, que é um funcionário do banco, vai até o seu negócio ou até a sua casa para fazer um diagnóstico de toda a situação financeira. Além disso, ele precisa conhecer o seu empreendimento e confirmar se você está dentro do perfil socioeconômico para ter o microcrédito. Se ele achar que você pode pegar o empréstimo, o dinheiro ficará disponível em alguns dias.

Existem bancos que, por fazerem parte do Programa Nacional de Microcrédito Orientado (PNMPO), oferecem um acompanhamento com orientações financeiras para quem pegar o microcrédito. “Mas essa ajuda não é muito comum, pois os bancos querem evitar a responsabilidade caso o empreendimento não tenha o sucesso desejado”, explica Amadeu Trentini, diretor executivo do banco BluSol e vice-presidente da Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças (ABCRED).

3. Nem todos os bancos oferecem esse empréstimo

O motivo? O microcrédito não é uma obrigação e não dá muito lucro para o banco. “O Banco Central recolhe o excesso de dinheiro para controlar a inflação e isso é chamado de depósito compulsório. Pela lei, até 2 % desse dinheiro pode ser utilizado para o microcrédito, mas isso não é uma obrigação, então, não são todas as instituições que oferecem o serviço”, explica o vice-presidente da ABCRED.

Como é necessário estar em uma região com instituições que tenham esse empréstimo, consulte a agência da sua cidade. “A divulgação costuma ser feita boca a boca. Em cidades pequenas, por exemplo, muitos já sabem quem é o Agente de Crédito”, ressalta Amadeu Trentini.

Emprestimo para Negativado Online