Empréstimo pessoal é opção diferenciada

Empréstimo pessoal é opção para quem não tem consignado

O empréstimo pessoal oferecido pelos bancos é a alternativa para quem não tem acesso ao consignado.  A taxa média atual, segundo a Anefac, é de 3,02% ao mês.”Se o consumidor conseguir acessar linhas específicas, como a de antecipação do 13º salário e de restituição do Imposto de Renda, a taxa pode ser ainda menor“, diz Oliveira. Nesses casos, o financiamento estará vinculado ao pagamento do benefício: o desconto é feito automaticamente após o recebimento por parte do consumidor.Empréstimo Pessoal é ótima Opção

Em situações extremas, porém, pode não ser possível esperar o crédito ser aprovado pelo banco. Aí o cheque especial pode ser usado, ainda que com parcimônia, dizem os especialistas.”Se alguém da família está com um problema de saúde ou é preciso fazer o conserto do carro, ou seja, em condições realmente excepcionais, o consumidor pode usar o cheque especial. Mas ele não pode contar com o especial como um complemento da própria renda“, diz Nogami, do Insper.

O conselho é baseado nas altas taxas cobradas no cheque especial, de 7,75% ao mês. Segundo os dados da Anefac, elas só estão abaixo dos juros do crédito rotativo do cartão de crédito, de 9,37% mensais. O rotativo, que é o crédito acionado quando o consumidor não paga a fatura integralmente, deve ser sempre evitado, dizem os especialistas.

Solicite o seu Empréstimo